Relatos-2016-8

“Uma vez, na igreja que frequento, ouvi um dos pastores falar em púlpito que a mulher nunca pode negar sexo ao marido por estar chateada ou de mal do humor, caso contrário, estará “abrindo brechas para a traição do marido”. Não sou casada, mas não precisava ser para achar aquilo um absurdo. Mais absurdo ainda foi ver várias pessoas balançando a cabeça em sinal de concordância, inclusive mulheres. Quer dizer, até quando o homem trai a culpa é da mulher? Sem perceber, estão ensinando por aí que os homens têm licença para agir como animais, mas as mulheres precisam se conter, porque elas conseguem.”

Anúncios