relato9

“Muita gente me falou que eu não perdoei as traições meu ex-marido e que não tive fé suficiente num milagre. Mas não tem milagre que aconteça quando a pessoa não se dispõe a mudar. Eu tinha que ficar omissa esperando isso um dia acontecer? Já pensou eu enclausurada dentro de casa, esperando uma mudança que nunca viria? Lembro que na época minha mãe lamentava muito a minha decisão [o término do casamento], especialmente pelos meus filhos que iam crescer sem pai. Eu tentei me matar na época. Me sentia tão sem amparo… E imagina o tanto de menina que vive esse tipo de situação e ficam nuns casamentos de merda, muitas vezes com violência física, tudo em nome da “vontade de Deus”. Eu me lembro que alguns pastores com quem eu me aconselhei apoiaram a decisão quando eu quis me divorciar. Foi um alívio.”

Anúncios